A história é sempre a mesma com todos: você nota algo diferente com sua saúde e vai procurar o médico especialista para saber como tratar. Por exemplo, uma dor no peito e você corre para o cardiologista, uma mancha na pele e você voa para o dermatologista. O médico solicita exames e prescreve um remédio para tratar o seu sintoma, dá um tchau e pede para retornar com a intenção de saber se o problema sumiu. Se desapareceu, então o medicamento funciona e está tudo certo.

Se persiste ou piora, uma droga mais forte é prescrita ou mais exames são feitos para tentar concluir algo (na pior das hipóteses tudo é em vão porque não há diagnóstico correto para o problema).

Há pessoas que vão tomando um remédio atrás do outro (geralmente para tratar o efeito colateral de um remédio anterior) para o resto das suas vidas! Você já passou por isso ou pelo menos tem familiares e amigos que passaram por esse martírio de consultas (e longas esperas), exames (mais tempo gasto), farmácias (mais dinheiro saindo do seu bolso) e remédios (com efeitos colaterais).

Percebeu que a medicina só trata o sintoma, o efeito? Aí você chega a conclusão óbvia que o certo é tratar as causas para não ter nenhuma doença.

É tão simples mas não é assim que funciona, infelizmente.

Existem regiões na China onde os médicos são pagos apenas quando seu paciente está saudável. Se surgir alguma doença eles não recebem nada porque não fizeram seu trabalho direito. A função principal do médico é deixar seu paciente saudável. Então, se ele faz sua função direitinho, recebe. Se surge alguma doença, não recebe.

Agora pense o que acontece com você:

  • Se você está cheio de vida e com saúde, os médicos estão ganhando algo?
  • Os médicos vivem às custas da sua saúde ou da sua doença?
  • Os laboratórios que fabricam medicamentos dependem de pessoas saudáveis ou doentes?

Calma, há soluções para esses dilemas e pessoas do bem dispostas em realmente oferecer saúde e prevenção, indo contra a indústria da doença.

Sou médica e curiosa sobre saúde e venho estudando tudo o que sai sobre hábitos saudáveis. Sou minha própria cobaia, seguindo o lema “não acredite em nada, faça suas experiências pessoais”. Já achei que pão integral com queijo branco e peito de peru era saudável. Uma dica: fuja de todos eles! Também achei que gordura e colesterol faziam mal. Mais um mito que absorvemos sem questionar.

Aí me aprofundei nas áreas da nutrologia, nutrigenética, nutrigenômica, medicina antienvelhecimento ou terapia do envelhecimento saudável para reverter esse quadro e mostrar as verdades escondidas sobre saúde, baseadas em ciência e estudos atualizados.

Uma nova área da medicina focada em qualidade de vida!

Vou explicar brevemente sobre este ramo da medicina e por que você deve se consultar com um bom profissional atualizado (que sempre está estudando as novas evidências) o quanto antes.

O que é Nutrologia e Terapia Antienvelhecimento?

Antes de mais nada, vou esclarecer que talvez você encontre médicos e associações atacando as áreas de nutrologia e terapias antienvelhecimento, dizendo que são procedimentos não comprovados, que causam câncer, etc. Tudo balela!

Mas não acredite em mim por enquanto, com o tempo você vai conhecendo melhor e saber o motivo destes ataques desonestos motivados por interesses obscuros.

PS: Aproveitando, indico os livros Remédios Que Curam: Remédios Que Matam (Artur Lemos) e A Verdade Sobre os Laboratórios Farmacêuticos (Marcia Angell) para fazer seus próprios questionamentos sobre o assunto.

Vamos para a parte boa!

Nutrologia é a área que estuda os benefícios e malefícios causados pela ingestão dos nutrientes, com o objetivo de manter a saúde e reduzir o risco de doenças.

Nutrigenética é a ciência que relaciona a nutrição com a genética e com o funcionamento metabólico.

Nutrigênomica estuda como alimentos e nutrientes ingeridos influenciam o genoma. conhecendo a influência da dieta na estrutura e expressão dos genes ao longo do tempo.

Medicina antienvelhecimento (ou terapia do envelhecimento saudável), conhecida no mundo todo como Anti-Aging Medicine, tem o objetivo de pesquisar, detectar, prevenir e tratar doenças que surgem com o envelhecimento, através de métodos e protocolos que retardam e otimizam o processo de envelhecimento.

(Vale lembrar que não é só para idosos apesar do termo “envelhecimento”, vale para qualquer pessoa que deseja otimizar sua saúde.)

Apesar das definições acima serem um pouco diferentes, podemos dizer que são “farinhas do mesmo saco” (inclui também a medicina ortomolecular). São áreas da medicina que querem deixar você saudável, tratando seu corpo por inteiro antes que qualquer doença apareça.

A tão sonhada PREVENÇÃO que todos querem!

Foco na saúde e não na doença, assim como nossos queridos médicos chineses que descrevemos acima.

Em resumo, a base dessas novas práticas médicas são:

  • Nutrição e Suplementação: uma alimentação adequada e uso de suplementos (vitaminas, nutrientes, etc) são fundamentais para abastecer seu corpo com os melhores “combustíveis” para sua saúde.
  • Gestão do estresse: o aumento do estresse afeta negativamente sua saúde, isso porque nesta situação seu corpo libera o hormônio cortisol que prejudica diversas funções no organismo. Portanto saber controlar as fontes de estresse é fundamental para prevenir e manter a saúde.
  • Exercícios Físicos: a importância da atividade física é bem conhecida, porém existem maneiras corretas de praticar os exercícios e obter melhora na saúde. Não basta apenas caminhar, por exemplo. É preciso aprender e realizar os programas de treinamento ideais para otimizar sua saúde.
  • Modulação Hormonal: nossos hormônios começam a cair a partir dos 30 anos e as consequências destes baixos níveis são uma série de distúrbios. Por isso é necessário verificar o nível dos seus hormônios (testosterona, estrogênio, progesterona, melatonina, DHEA, cortisol, vitamina D3, entre outros) e fazer um equilíbrio a partir da suplementação hormonal.

Ah, antes que você se pergunte “Mas hormônio não causa câncer e outros problemas?”: grande MITO!

Eu devo começar quando?

Se você tem algum desses sintomas ou doenças abaixo, já deveria ir hoje mesmo!

  • Obesidade
  • Diabetes
  • Hipertensão
  • Problemas cardíacos
  • Sistema imunológico fraco
  • Cansaço
  • Perda de memória
  • Queda do desejo sexual (libido)
  • Depressão
  • Osteoporose
  • Insônia e problemas de sono
  • Perda de concentração
  • Baixa auto estima
  • Alteração de humor
  • Irritabilidade
  • Flacidez muscular e redução da massa muscular
  • Queda de cabelos e pelos

Ou qualquer outro problema de saúde que queira eliminar ou prevenir para ter uma vida de qualidade e longe de medicamentos, hospitais e todo esse caos.

Benefícios

  • Redução na gordura corporal
  • Maior perda de peso
  • Maior massa muscular
  • Maior desempenho físico
  • Sistema imunológico fortalecido
  • Maior libido e vigor sexual
  • Melhora na função mental
  • Melhora na memória
  • Melhoria no sono
  • Melhora da pressão arterial
  • Eliminação de estresse
  • Melhoria dos sintomas da menopausa, TPM, entre outros
  • Melhoria das rugas e flacidez da pele
  • Revitalização do cabelo e unhas
  • Melhor no humor e energia mental
  • Eliminação da fadiga e depressão

Suplementos Essenciais 

Calma! Suplemento que eu digo NÃO é somente Whey Protein, BCAA e outros contidos naqueles potes gigantes.

Como a própria palavra define, suplementar é complementar, acrescentar nutrientes na sua alimentação. Só com a comida não é possível conseguir todos os nutrientes e vitaminas necessários, por isso existem os suplemento

Recomendações para seu dia-a-dia

  • Siga uma alimentação adequada e vá criando esse hábito naturalmente.
  • Tenha um sono reparador
  • Faça exercícios físicos que funcionem.
  • fazer para exercitar seu corpo de forma inteligente.
  • Tome sol sempre que possível para a produção natural de Vitamina D3, um importantíssimo hormônio para seu corpo.
  • Pode ser meditação ou técnicas de respiração e relaxamento.
  • Reduza o stress ao máximo possível. Há um aumento do hormônio cortisol sempre que há stress o que prejudica a imunidade, produção de outros hormônios e outros efeitos prejudiciais.
  • Faça modulação hormonal com um médico especialista.

Conclusão 

Existe uma medicina preventiva que tem como objetivo te deixar saudável, baseada em ciência atualizada.

Para uma boa saúde e prevenção de doenças, você precisa basear sua vida em uma alimentação e suplementação adequadas, um programa de exercícios físicos, controlar o estresse e realizar modulação hormonal se for necessário para manter o equilíbrio do seu corpo.

Os benefícios do tratamento desta medicina preventiva trazem qualidade para sua vida para não ter que se preocupar com o surgimento de doenças atrás de doenças.

Comece aos poucos mas comece.

Beijos

Publicado por

Dra. Priscilla Machado Arruda

Priscilla Machado Arruda Médica | Endocrinologia | Nutrologia Medicina Preventiva e Integrativa. Qualidade de vida. 📪 pri_fmachado@yahoo.com.br I 👻 pricambs 🌍 Tianguá - CE

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s