arroz

O arroz branco tem uma quantidade bem inútil de valor nutricional, isto porque é rico em amido, um carboidrato que influencia diretamente a resposta glicêmica do alimento.

Quando um produto oferece menor resposta glicêmica, ele é capaz de reduzir lipídios séricos, além de diminuir risco de doenças cardiovasculares, assim como a prevenção e tratamento de diabetes.

O arroz, por ter muita quantidade de amido, não traz menor resposta glicêmica. Além disso, o alimento não possui tantas proteínas, em comparação ao arroz integral, que varia de 4,3 a 18, 2% em sua quantidade de albumina, globulina, prolamina e glutelina. O integral também ganha do branco pois apresenta ácidos palmíticos, oleicos e linoleicos, que têm papel muito importante na síntese de hormônios e no auxílio a processos fisiológicos. Estas gorduras estão associadas à redução no colesterol total e ao aumento do colesterol HDL (colesterol “bom”), auxiliando a prevenção de doenças cardiovasculares.

O arroz branco também não apresenta níveis consideráveis de minerais, que, em contrapartida, aparecem em maior quantidade no arroz integral, bem como vitaminas do complexo B e vitamina E que melhoram a energia e têm ação antioxidante.

Entre as outras opções que são mais saudáveis que o arroz branco, está o alimento nas “cores” vermelha e preta, que possuem grande número de compostos fenólicos, bons porque têm ação antioxidante e auxiliam na prevenção de danos celulares e de doenças crônicas, bem como envelhecimento, diabetes e câncer.

Para quem se preocupa com o peso, a exclusão deste alimento é uma boa escolha, como os nutricionistas da Universidade Tufts (EUA) puderam provar. Eles analisaram a dieta de 2.800 pessoas e, entre elas, as que consumiam três ou mais porções de cereais integrais diariamente (e não abusavam dos refinados) tinham até 10% menos gordura visceral (aquela que se deposita barriga adentro). Sem o consumo de arroz branco, a barriga de fato dá uma “enxugada”, e, em consequência, o coração é beneficiado: células gordurosas mais murchas significam menos inflamação nas artérias e, claro, menos trabalho para fazer o sangue circular. O arroz integral, entretanto, oferece um teor de fibras que pode evitar a deposição de gordura intra-abdominal. Isso porque as fibras formam uma espécie de goma quando entram em contato com a água e, assim, tornam a digestão mais lenta, fazendo com que o açúcar proveniente dos alimentos seja assimilado aos poucos. Se não fosse dessa forma, aumentaria a produção de insulina, hormônio responsável por mandar a glicose para dentro das células. Só que, em excesso, ele infla os pneus da barriga e, ainda, abre caminho para o diabete.

Agora, para quem come arroz diariamente, uma boa alternativa é ir substituindo pelo integral aos poucos.

Ao analisar dados de 1999 a 2004 sobre a dieta de mais de 25 mil crianças e adultos, pesquisadores americanos constataram que nos apreciadores desse cereal não havia carência de nutrientes essenciais para o organismo, como ácido fólico, potássio e outras vitaminas do complexo B. Muito pelo contrário!

O estudo, realizado por uma empresa de consultoria alimentar, baseou-se no National Health and Nutrition Examination Survey, um levantamento feito periodicamente pelo governo dos Estados Unidos. O resultado mostrou ainda que os consumidores regulares de arroz têm menor propensão a acumular quilos extras, 34% menos risco de hipertensão e 27% menos probabilidade de aumento na circunferência abdominal.

Os tipos integral e parboilizado também podem ser boas opções pelos teores de metionina, um aminoácido essencial que evita a queda dos cabelos e hidrata pele e unhas. Essa substância é uma espécie de antidepressivo natural. O aminoácido ainda auxilia na redução do colesterol e afasta a fadiga crônica.

Portanto, a dica que fica é que você opte pelo integral e substitua o arroz branco por ele. Claro que existem outras opções, como citei no texto, mas é sempre bom entender que quanto mais você escolher alternativas saudáveis, melhor seu corpo se tornará com o tempo.

Publicado por

Dra. Priscilla Machado Arruda

Priscilla Machado Arruda Médica | Endocrinologia | Nutrologia Medicina Preventiva e Integrativa. Qualidade de vida. 📪 pri_fmachado@yahoo.com.br I 👻 pricambs 🌍 Tianguá - CE

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s